top of page

Manipulação: Atacante é suspenso do futebol gaúcho por 2 anos e leva multa de 100 mil


O Tribunal de Justiça Desportiva/RS condenou o atacante Jarro, atualmente no Inter-SM, a 720 dias de suspensão e multa de R$ 100 mil. Sentença foi aplicada pelo TJD/RS em julgamento realizado no final da tarde desta terça (30).


A denúncia se refere a um pênalti cometido pelo atleta, quando atuava pelo São Luiz de Ijuí, em partida contra o Caxias pelo Gauchão 2023. Ele foi aliciado por um grupo criminoso para manipular o jogo cometendo a penalidade.


O atleta, em sua defesa disse que foi ameaçado para realizar o pênalti. Jarro recebeu R$ 30 mil para cometer um pênalti no jogo. O próprio jogador admitiu que devolveu o dinheiro e procurou a polícia depois. Cabe recurso da decisão.


Foto: Lucas Dornelles/EC São Luiz

Com informações Rádio Imembuí/SM

bottom of page