"Não fomos eficazes", avalia técnico do Juventude após estreia com derrota

O Juventude tentou até o final, acertou a trave, teve gol anulado e milagre do goleiro adversário, mas apesar da luta, acabou superado por 1 a 0 pelo Internacional, em jogo válido pela 1ª rodada do Campeonato Gaúcho. A partida ocorreu na noite desta segunda-feira (01/03), no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.


"O Inter foi muito feliz, teve a bola no pé, não conseguimos encaixar o posicionamento. O time melhorou após o gol e voltou com uma postura mais agressiva no segundo tempo e dentro das oportunidades não conseguimos concluir que, nos daria o empate", comentou Marquinhos Santos.


Para o treinador, o time merecia, no mínimo, o empate diante do Inter. Contudo não soube aproveitar as oportunidades, como as duas cabeçadas de Matheuzinho dentro da pequena área e também no último lance da partida com uma bola na trave.


"Criamos para tal, tivemos um volume, oportunidades, mas não fomos eficazes. Caso aproveitássemos melhor essa última bola tínhamos saído daqui com resultado melhor", avaliou o treinador.


Marquinhos também frisou que as dificuldades enfrentadas no primeiro tempo são normais de uma pré-temporada mais curta e com apenas um jogo-treino realizado.


"Normal por conta do tempo de preparação, mas a equipe vai crescer, não tenho dúvida, a equipe vai crescer durante a competição. São 30 pontos em jogo ainda e não tenho dúvidas que os atletas darão a resposta já na quinta-feira", assegurou o técnico do verdão.


Foto: Fernando Alves/E.C.Juventude