“Não temos mais margem para erro”, afirma zagueiro do Brasil-Pel

Antes em má fase, o Brasil de Pelotas melhorou de rendimento após a chegada do técnico Thiago Gomes. Prova disso é que o clube que vinha de cinco derrotas seguidas já está há três jogos sem perder na Série C do Campeonato Brasileiro, mesmo tendo enfrentado duas equipes que estão entre as quatro mais bem colocadas na tabela, o Paysandu, vice-líder, e o Botafogo-PB, quarto colocado.


Além da chegada do novo comandante, a melhora passa também pelas boas atuações recentes do sistema defensivo da equipe, que sofreu apenas dois gols nos últimos três jogos. Uma das peças é Rafael Castro, eleito por muitos como o melhor em campo no empate por 0 a 0 contra o Botafogo-PB, no último domingo. O zagueiro recuperou 17 bolas, interceptou quatro e ganhou 72% dos duelos na ocasião.


“É de extrema importância essa sequência para nós, que almejamos sair dessa situação. Não temos mais margens para erros, temos que buscar as vitórias e, quando não der, buscar ao menos somar um ponto de empate. Todas as partidas daqui em diante serão de extrema importância”, disse o defensor.


Antes do Brasil, Rafael Castro já havia trabalhado com o técnico Thiago Gomes na base do Corinthians, onde conquistaram os títulos do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro sub-20, em 2014, além da Copa São Paulo de Futebol Juniores, em 2015. Na época, Thiago Gomes era auxiliar de Osmar Loss, hoje técnico do Cianorte. O zagueiro elogiou o profissional e disse que o fato de já terem trabalhados juntos ajuda na compreensão do estilo de jogo daqui para frente.


“Tivemos muito sucesso no Corinthians e isso facilita pois conheço o estilo de jogo e a forma de pensar que o Thiago traz para suas equipes. É um treinador que procura conversar bastante com seus jogadores para deixá-los mais à vontade possível e procura passar bastante confiança e ajudar a corrigir os erros. Ele ajuda muito o atleta para que possa evoluir através de vídeos ou no dia a dia em cada treinamento. Sempre foi assim com ele na base e segue assim agora na categoria profissional”.


No último domingo, Rafael Castro também chegou à marca de sete jogos consecutivos como titular do Brasil de Pelotas, sequência maior do que a de seis jogos que havia tido com Jerson Testoni, no início do ano pelo Campeonato Gaúcho. O jogador se disse feliz com o momento e que espera manter as boas atuações para ajudar o Brasil a se manter na Série C do Brasileirão.

“Fico feliz pela sequência que venho tendo e pelos números individuais também. Desde quando cheguei ao Brasil, sempre procurei trabalhar bastante para ter as minhas oportunidades e ajudar ao máximo a equipe dentro de campo pois todo jogador que almeja algo grande para sua carreira tem que buscar sequência de jogos e manter uma boa regularidade. Espero que essa sequência de jogos perdure e que no fim possamos comemorar com a permanência na Série C, que é o mais importante.”


Rafael Castro e Brasil de Pelotas voltam a campo neste domingo, às 15h, contra o Altos, no Estádio Lindolfo Monteiro, pela décima quarta rodada da Série C.


Foto: Volmer Perez / GE Brasil