Nada de apostas: Pelotas quer um técnico vencedor, sanguíneo e conhecedor da Divisão de Acesso

O Pelotas começou de forma mais intensa o planejamento para a temporada de 2022, quando irá jogar a Divisão de Acesso. O campeonato deve começar logo após o Gauchão, no mês de abril. Contudo, ainda falta a confirmação da Federação Gaúcha de Futebol quanto ao calendário da temporada que vem.


O primeiro passo do lobão foi confirmar o nome de Ademir Bertoglio para a gerência executiva do futebol. Nesta segunda-feira, em entrevista à Rádio Universidade, o diretor de futebol do lobão revelou o perfil do técnico que o clube deseja ter. Segundo Gabriel Ribeiro, o clube não vai mais fazer apostas. A direção quer um técnico vencedor e que conheça a competição.


"A gente espera conseguir vencer essa etapa o mais rápido possível. Visamos contar com 25 a 30 atletas. O perfil a gente já tem traçado do treinador. Aquele que conheça a competição, que seja vencedor. O Pelotas não pode apostar mais em treinador. Acabou essa fase. É hora de trazer treinador que conheça a competição e seja vencedor", declarou o dirigente à emissora de Rádio.


O Pelotas também quer um treinador mais sanguíneo, que "o vestiário tenha mais grito que silêncio na hora de dar uma chacoalhada", conforme as próprias palavras do diretor de futebol.


Foto: Tales Leal - AI/ECP