O NOVO GRAMADO DO PASSO ESTÁ PRONTO PARA 2019

Foram dois meses de transformações no campo do Passo d’Areia até que, no final da última semana, durante o jogo-treino contra o Sindicato dos Atletas, o novo gramado sintético foi utilizado pela primeira vez. E a avaliação foi positiva. “Ficou realmente muito bom o campo, e privilegia a qualidade no toque de bola, que é uma característica da nossa equipe”, disse o técnico Rafael Jaques após o primeiro teste. Certificado pela FIFA, o novo gramado é produzido pela melhor fabricante do produto no mundo, a CCGrass, semelhante ao utilizado no Centro de Treinamentos do Chelsea. De acordo com o administrador da Base Construções Esportivas, Cristian Truda, a tecnologia da fibra aplicada no Passo é mais avançada do que a utilizada em 2011, no sintético original. “É uma fibra mais macia, com uma cor melhor, mais clara, e que retém muito menos calor do que o piso anterior”, explica o responsável pela troca do gramado. Mais do que isso, com a instalação do novo sintético, foi criado um sistema de irrigação próprio, o que também evitará o acúmulo de calor no piso. O sistema foi implantado após a retirada do antigo gramado sintético e o posterior novo nivelamento do solo. Só então, o novo sintético foi instalado.

O novo gramado sintético do Passo d'Areia

“Consultamos a CBF e recebemos a posição de que precisaríamos fazer esta mudança. É um investimento que o clube faz na busca de ainda mais qualidade e excelência. Os gramados sintéticos, na Europa, por exemplo, já são um assunto comum. Por aqui, ainda há uma certa resistência, mas é um gramado atestado pela FIFA e adequado ao futebol profissional”, aponta o gerente de futebol, Luciano Oliveira. Antes do primeiro jogo oficial no Passo, que será contra o Internacional na terceira rodada do Gauchão 2019, o gramado sintético passará por inspeção de técnicos credenciados pela FIFA, que fornecerão o certificado ao gramado. Antes mesmo da instalação, no entanto, o piso escolhido para o este campo já tem essa aprovação do órgão máximo do futebol mundial. Passou por uma bateria de 12 testes, entre eles, estão o de resistência à rotação de joelhos, velocidade da bola e qualidade do rebote da bola (o quique). Agora, o palco para os nossos guerreiros já está pronto para 2019.

#peleiafc

Foto: Divulgação/São José