Pé na estrada parte 2: Clube da Divisão de Acesso chega a gastar 16 mil em viagem

Nesta semana, o site peleiafc.com trouxe os números de quanto o São Paulo, de Rio Grande, gastou em uma viagem na Divisão de Acesso 2019. O valor passou a casa dos seis mil reais. O número já impressiona, mas não serve de base para todas as equipes, pois os custos variam.


Após a reportagem, o site recebeu mais informações sobre as despesas de outras equipes. O Glória, de Vacaria, por exemplo, gastou mais que o dobro do São Paulo. No confronto de ida contra o Bagé, nesta fase de mata-mata, a diretoria do Leão teve que desembolsar mais de 16 mil reais. Isso mesmo ! O valor é de saltar aos olhos dos torcedores, que geralmente não conhecem esses números dos bastidores da bola.


Só com aluguel do ônibus, a direção do Glória teve que pagar 7 mil reais para percorrer os 700 quilômetros entre as cidades. Devido a distância, o clube ocupou duas diárias em um hotel, passando a casa dos 4 mil reais com hospedagem, praticamente o mesmo valor para a alimentação. Confira de forma detalhada os gastos do Glória:


Ônibus - 7 mil reais

Hotel - 4.221 (duas diárias)

Alimentação - 4.524 (Oito refeições entre almoço, janta e lanche)

Extras: 360

Total: 16.105


Dependendo de parcerias ou apoios, os clubes conseguem reduzir os valores gastos com viagens. Por isso, o número não é fixo e não serve de exemplo para as demais equipes, já que vários fatores são levados em consideração. Transporte, hospedagem e alimentação são os principais fatores que pesam na conta. Assim, muitos clubes viajam no dia dos jogos para não ter o custo com hotéis. Já transporte e alimentação são inevitáveis.


Essa é a dura realidade dos clubes do interior. Muitos torcedores reclamam e pedem resultado, mas colocar um time em campo não é nada barato. Por isso, apoie o time da sua cidade.


Na próxima semana iremos falar sobre os gastos dos clubes das categorias de base no interior com as viagens.

Foto: Divulgação ST /Gov/RS