top of page

Pedradas e invasão: Pelotas é multado e perde mando de campo para Divisão de Acesso 2024

O Pelotas fará a sua estreia na Divisão de Acesso 2024, no Estádio da Boca do Lobo, de portões fechados. O clube foi punido pelo Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul por arremesso de pedras de sua torcida contra a equipe do Monsoon.


O jogo foi realizado no dia 30 de julho, em Bento Gonçalves, no Estádio Montanha dos Vinhedos. O confronto era válido pelo jogo de volta das quartas de final da Divisão de Acesso.


Segundo o relato do árbitro Francisco Soares Dias, após a disputa por pênaltis, que resultou na eliminação do time da zona sul, "torcedores do Pelotas arremessaram várias pedras para dentro de campo. Pedras essas arremessadas em direção dos jogadores do Monsoon e também dos próprios jogadores do Pelotas. Em ato continuo, um torcedor do Pelotas invadiu o campo de jogo, pulando os alambrados, em uma tentativa de confronto com os jogadores do Monsoon. Mas logo desistiu e retornou para as arquibancadas", detalhou o árbitro.


O caso gerou uma denúncia no TJD. O clube foi julgado na última terça-feira, pela Quarta Turma do Tribunal e punido com um multa de R$1.400,00 e a perda de um mando de campo. Cabe recurso ao pleno do TJD.


DECISÃO DO TJD

Resultado: Por unanimidade de votos, condenaram a entidade desportiva EC Pelotas à multa de R$500,00 (quinhentos reais) por infração ao artigo 206 do CBJD; à multa de R$700,00 (setecentos reais) e perda de um mando de campo por infração ao artigo 213, III, §§1º e 2º (fato 3) do CBJD e à multa de R$200,00 (duzentos reais) por infração ao artigo 213, II (fato 4) do CBJD, totalizando multa de R$1.400,00 (um mil e quatrocentos), e, por unanimidade de votos, absolveram da imputação do artigo 213, II (fato 2), do CBJD.


Foto: Arquivo/ Leonardo Fister/FGF

Comments


bottom of page