Pelotas anuncia preparador físico para a temporada

Os anúncios seguem na Boca do Lobo. Na quinta-feira (3), um velho conhecido da torcida do Pelotas e que possui grande identificação com o clube após nove anos de serviços prestados foi oficializado como preparador físico da equipe para a disputa da Divisão de Acesso. Já em acompanhamento dos atletas Jardel e Itaqui, que treinam há duas semanas, Recart passa a integrar a comissão técnica juntamente com o técnico Picoli e o auxiliar Fernando Rech.

Com o início da pré-temporada realizada na quarta-feira, ainda na etapa dois e aguardando a chegada de mais jogadores, Roberto avalia como serão os trabalhos nos próximos dias. “Os primeiros dias de preparação serão mais de trabalho de adaptação. Os jogadores não tiveram uma treinabilidade frequente, já que não vinham trabalhando direto. Então esse período de adaptação é importante, até seguindo a filosofia da comissão e encaixando todas as valências físicas necessárias para que possamos atingir a performance esperada”, explica.


Primeiros atletas a chegarem na Boca do Lobo, os volantes Itaqui e Jardel já vinham sendo preparados para a disputa da competição por Recart. Em avaliação sobre os primeiros dias com os experientes jogadores, ele afirma que o período foi considerado “satisfatório”. “São dois atletas experientes que vão nos ajudar demais na caminhada, que é dura, e eles vem em uma crescente muito boa, em evolução dia após dia e se adaptando bem às cargas de trabalho”.


Além de torcedor desde muito jovem, Roberto atuou na preparação física das categorias feminina, de base e profissional. Este será seu nono ano no clube, devido a saídas em alguns momentos, e afirma estar motivado com o retorno. “A minha motivação vem a cada dia que eu saio da minha casa para vir trabalhar no clube. Comecei aqui com o feminino em 2008, com o Marcos Planela, depois fui para a base com o Felipe e o Josué. Fui oportunizado a trabalhar na comissão permanente e esse ano é meu nono ano na comissão do profissional. Cada campeonato levo como uma copa do mundo e sinto que tenho que dar o meu melhor todos os dias e tenho que ser um Roberto melhor que o do ano passado”.

Faltando pouco mais de um mês para o início da competição, as expectativas do preparador físico são as melhores. “O torcedor pode esperar bastante trabalho, entrega de todos e principalmente da equipe que a diretoria vem montando. da comissão técnica que já trabalhei com eles em outra vez e a gente se conhece bem. Vai ter muito trabalho e com certeza muita coisa boa para todos nós”.


Foto: Aline Klug - AI/ECP

Fonte: Aline Klug - AI/ECP