Pilar da defesa do São Luiz, Rafael Roballo projeta fase de mata-mata da Série D

Um dos goleiros menos vazados do grupo A8, do Campeonato Brasileiro da Série D, e uma das principais peças da segunda melhor defesa, Rafael Roballo ajudou, com suas defesas, o São Luiz a conquistar a classificação para a fase eliminatória do certame nacional. Apesar da troca de treinador, o rubro fez uma bela campanha de seis vitórias, cinco empates e apenas três derrotas.


A defesa foi um dos pontos fortes do rubro, na fase classificatória, sofrendo 10 gols em 14 jogos. Com isso o time de Ijuí chegou à fase eliminatória com a terceira defesa menos vazada. Roballo faz uma avaliação destes 14 jogos e explica qual é o segredo deste sistema sólido.


"Nós temos um grupo experiente, se for ver peça por peça, somos um time ciente das responsabilidades dentro de campo. A nossa defesa começa desde o ataque, onde nossos companheiros acabam dando uma pressão alta, ajudando muito o sistema defensivo e isso que acaba gerando essas estatísticas, o que é bom para mostrar o trabalho que vem sendo feito", declarou o camisa um.


Sobre esta nova fase, Roballo destaca a tradição e força da Cabofriense, um dos clubes mais tradicionais do Rio de Janeiro. Segundo o arqueiro, o tricolor está sendo estudado bem como a melhor estratégia para eliminar o time carioca nos 180 minutos do confronto.


"Sabemos das qualidades, que é um time que nos seus domínios pressiona o adversário, que briga pela bola e acreditamos que não vai ser diferente nessa partida. Mas, com o que a gente tem desempenhado, com o que gente tem feito na competição com o elenco que nós temos, acreditamos que elevando esse nível de atuações podemos conseguir mais uma vez passar de fase", pontua Roballo.


Mesmo com o moral elevado, o goleiro reforça que o time deve ter foco. “É jogo a jogo, primeiro vamos buscar um bom resultado jogando lá no Rio de Janeiro, e trazer o jogo decisivo para dentro de casa, aqui para Ijuí, sabemos da nossa força para buscar essa classificação”.


Antes tido como um azarão do grupo, agora respeitado pelos adversários, esse é o status atual do São Luiz de Ijuí para a continuidade da série D. Segundo Rafael Roballo, o moral do time está elevado para as próximas duas partidas no certame, uma vez que elas podem definir uma manutenção do time na competição nacional, para quem sabe conquistar o acesso à série C do campeonato brasileiro.


"Sabíamos do potencial do time, apesar de muitos não apontarem como favoritos a classificação dentro do grupo, mostramos no decorrer da primeira fase que teríamos condições e confirmamos essa classificação ao final da 14ª rodada. Estamos muito contentes que podemos ir mais longe, foi um grande passo dado, mas temos ainda espaço para crescer e espaço para classificações, então estamos muito motivados com isso", finalizou.


O São Luiz inicia a segunda fase da série D no próximo domingo, em Cabo Frio-RJ, às 15h.


Foto: Lucas Dorneles/Assessoria/São Luiz