top of page

Pintado é o novo treinador do Juventude

O Departamento de Futebol do Juventude confirmou, na noite de sábado (11/03), Luís Carlos de Oliveira Preto, o Pintado, 57 anos, como novo treinador da equipe profissional. O técnico, que teve passagem vitoriosa pelo Juventude em 2020 e começo de 2021, retorna ao Jaconi para comandar a equipe na Série B do Campeonato Brasileiro. No início desta temporada, Pintado esteve à frente da Inter na Limeira no Paulistão.


A passagem vitoriosa pelo Ju


Profissional com vasta experiência no futebol, Pintado assumiu o Juventude pela primeira vez em 2020. A estreia foi no dia 23 de julho, na vitória por 2x0 sobre o Caxias, pelo Gauchão. Na Copa do Brasil, sob o comando do técnico, o Juventude alcançou a fase de oitavas de final. Na Série B, o principal objetivo da temporada, o Verdão garantiu o terceiro lugar e, consequentemente, o acesso para a elite do futebol brasileiro, após 13 temporadas. O pós-jogo diante do Guarani, em Campinas, na última rodada da competição, é um capítulo à parte da história recente Jaconera, pois reuniu milhares de torcedores nas ruas de Caxias do Sul.


A carreira


Como jogador, Pintado iniciou sua carreira atuando como zagueiro, defendendo o Bragantino. Ao longo de sua trajetória, porém, consolidou-se como volante e foi nessa função que ganhou grande destaque no São Paulo. Pelo Tricolor Paulista Pintado conquistou a Libertadores (1992 e 1993) e o Mundial de Clubes (1992). Após deixar o São Paulo, teve passagens ainda por Cruz Azul (MEX), Santos (SP), América (MG), Atlético (MG), Cerezo Osaka (JAP) e Portuguesa (SP). Em 2002, encerrou sua carreira como atleta e passou a dedicar seus estudos à função de treinador.


O início da carreira de treinador foi na Inter de Limeira (SP). Na sequência, Pintado somou passagens por clubes tradicionais do país e do exterior, como: Paraná (PR), Náutico (PE), São Caetano (SP), Ituano (SP), Ponte Preta (SP), Mirassol (SP), León (MEX), Santo André (SP), Linense (SP), Guaratinguetá (SP), CRB (AL), América (RN), Guarani (SP) e Água Santa (SP). Entre 2013 e 2015, foi auxiliar técnico no Cruz Azul (MEX), e entre 2016 e 2017, também exerceu a função no São Paulo, onde teve a oportunidade de assumir o time principal em algumas oportunidades.


Após passagens ainda por São Caetano (SC), Figueirense (SC) e Água Santa (SP), Pintado chegou ao Juventude. No Verdão foram 46 jogos, somando 20 vitórias, 11 empates e 15 derrotas. Na sequência, o profissional passou por Ferroviária (SP), Goiás (GO), Chapecoense (SC) e Cuiabá (MT), onde conquistou o Campeonato Mato-Grossense. Nesta temporada, comandou a Inter de Limeira na campanha de permanência na primeira divisão do Campeonato Paulista.


Fabinho Félix será o auxiliar de Pintado


Chega ao Jaconi, também, o auxiliar Fabinho Félix, ex-atleta que iniciou sua carreira nas categorias de base do São Caetano. Em 2001, já pelo Corinthians, fez história com as conquistas da Copa do Brasil, da Copa Rio-São Paulo e do Paulistão. O volante teve passagens ainda por Santos, Toulouse (FRA), Cruzeiro e Bahia. Fabinho encerrou sua carreira de jogador em 2014 e passou a dedicar-se aos estudos. Em 2017, foi auxiliar-técnico no Corinthians. Em 2020, foi coordenador técnico do São Caetano e nesta temporada foi o auxiliar de Pintado na Inter de Limeira.


Novo preparador físico Luís Fernando Goulart será profissional permanente do Juventude


No embalo da chegada do novo treinador e auxiliar, o Juventude também confirmou a contratação do preparador físico Luís Fernando Goulart. Embora tenha sido indicado pelo próprio Pintado, ele chega para ser profissional permanente da casa.


Mestre na área de Ciência do Treinamento pela UNICAMP e pós-graduado em Ciências do Treinamento (UNICAMP) e Fisiologia do Exercício (FMU), Luis carrega vasta experiência no futebol. Iniciou sua carreira na preparação física do Paulista de Jundiaí, em 1994, onde permaneceu por mais de uma década. Em 2004, transferiu-se para a Ponte Preta e, desde então, acumula passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como Guarani, Sport, Criciúma, América de Natal, São Caetano e Fluminense. Em 2020, chegou ao Atlético Goianiense, onde permaneceu até a última temporada.


Foto: Arthur Dallegrave/ECJuventude

Comments


bottom of page