Presidente da Federação opina sobre a retomada dos treinos no Esportivo

A volta aos treinos por parte do Esportivo gerou muita discussão nas redes sociais. Há quem defensa que o retorno foi precipitado devido ao momento delicado da pandemia coronavírus que o estado vive. Também, ainda não se tem uma data prevista para a volta dos jogos do Gauchão.


Na sexta-feira, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol se manifestou sobre essa situação durante entrevista à Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre. Luciano Hocsman se surpreendeu com a iniciativa da equipe da serra gaúcha e admitiu que não gostou.


"Me surpreendi, não gostei. Mas tenho que respeitar a liberdade que cada gestor tem para fazer o que acha ser melhor para o seu clube", declarou o dirigente.


Trechos da entrevista com presidente da FGF foram disponibilizados no twitter da Band. Hocsman acredita que a retomada do futebol, naturalmente, vai acontecer, mas com restrições. Segundo o dirigente, o calendário do futebol brasileiro é gerido pela CBF.


"O campeonato estadual é gerido pelas federações, mas tem o sistema de datas gerido pela CBF. Acredito que o futebol brasileiro tenha sua retomada através dos estaduais. Acredito que seja possível terminarmos a fase de grupos (do Gauchão) em uma semana. Em 15 dias, tem como resolver o Campeonato Gaúcho como um todo. Temos de pensar nesse cenário e nas possibilidades", projetou o presidente à Rádio Bandeirantes.


Hocsman também revelou que a federação tem feito contatos com empresas que realizam o exame rápidos para o diagnostico de covid-19. Conforme ele, o orçamento mais barato que chegou à entidade foi de R$ 150 mil para 10 mil kits.


Foto: Divulgação/FGF/Site