top of page

Presidente da FGF participa de seminário da CBF realizado no Catar

O presidente da Federação Gaúcha de Futebol - FGF, Luciano Hocsman, participou do Seminário de Qualificação para dirigentes na Copa do Mundo FIFA 2022. O evento foi realizado pela Confederação Brasileira de Futebol - CBF, em Doha, no Catar, na semana, e fez parte das atividades oficiais da entidade durante o Mundial.


Um dos temas expostos no seminário foi a vistoria feita nos estádios antes das partidas da Copa do Mundo. Essa prática já havia sido apresentada a dirigentes dos clubes em Conselho Técnico para o Gauchão 2023 e deverá ser colocada em prática no Estadual, a partir de janeiro.


- Isso demonstra preocupação e dedicação do presidente Ednaldo Rodrigues com as federações em fazer essa troca de experiência. Tem muita coisa que podemos adaptar às nossas competições. No Rio Grande do Sul, já estamos em processo de implantar a vistoria prévia nos estádios. Não vamos conseguir ter um gerente em cada estádio, mas vamos fazer uma vistoria prévia antes das competições e também um dia antes das partidas. Vai um profissional nosso vistoriar tudo e checar se está tudo conforme nossas diretrizes. Queremos implantar já para 2023, no Gauchão - declarou o presidente da FGF, Luciano Hocsman.


- Este Programa de Qualificação tem o objetivo de proporcionar conhecimentos e experiências para contribuir com o aprimoramento do futebol em cada Estado do Brasil, inserindo-os neste contexto global de cooperação da CBF com a FIFA e refletindo o compromisso da CBF com o desenvolvimento do futebol brasileiro - acrescentou o presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues.


Também estiveram presentes os demais presidentes das federações estaduais de futebol, representantes do Superior Tribunal de Justiça Desportiva - STJD e executivos da CBF e de clubes.


Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Fonte: Angelo Pieretti e Lucas Rizzatti

bottom of page