Presidente e profissionais do Santa Cruz são ameaçados


Futebol é um esporte e assim deve ser tratado. Apesar de ligar com a paixão e o emocional, não se pode admitir atos além dos limites da civilidade.


No último sábado, Santa Cruz e Inter SM entraram em campo pela semifinal da Copa Ibsen Pinheiro. Dentro de campo, os visitantes venceram por 1 a 0. A vantagem é mínima para o alvirrubro e o galo tem condições de reverter em Santa Maria, na terça-feira, no jogo da volta.


Mas um fato triste foi registrado após os 90 minutos nas dependências do estádio dos Plátanos. Depois o jogo, o presidente do Santa Cruz, Tiago Rech, e outros profissionais foram ameaçados por um grupo de torcedores. O dirigente relatou o caso nas redes sociais.


Rech contou que quatro pessoas acabaram detidas pela Brigada Militar. Na postagem, ele lembrou da sua paixão pelo clube. O mandatário ficou conhecido no país como o torcedor solitário no estádio Olímpico em 2012. A imagem viralizou, pois ele era o único torcedor do Santa Cruz no espaço dos visitantes em um jogo do Gauchão.


CONFIRA O DESABAFO DO PRESIDENTE DO SANTA CRUZ


Em 2012, eu estava lá. Sozinho no Olímpico contra o Grêmio. Eu larguei a minha carreira profissional em Porto Alegre pra ajudar o Santa Cruz em 2014. No início como assessor de imprensa, mas acabei virando o presidente. Jogamos a copinha depois de mais de 20 anos. Conseguimos se manter na segunda divisão. Voltei em 2018, na Segundona Gaúcha. Conseguimos pagar todas as dívidas com atletas e fornecedores. Nos classificamos para as quartas de final. Em 2020, fomos uns dos únicos clubes que manteve o contrato com todos nosso atletas. Mais de 20 pessoas que receberam salário garantido. Decidimos jogar a Copa FGF 2020 - Troféu Ibsen Pinheiro. Chegamos até a semifinal. Neste sábado, depois da derrota aos 50 minutos do segundo tempo, eu fui ameaçado, eu fiquei prensado em um alambrado, assim como profissionais do clube. Quatro pessoas foram presas. Agradeço à Brigada Militar pela rápida resposta. EM UMA SEMIFINAL, depois de mais de 15 anos! Eu não sei qual será o resultado em Santa Maria. Mas eu quero dizer a todos que eu amo esse clube. Amo essa cidade! E vou até o fim na luta pelo meu Santa Cruz!