Rádio: Locutores dividem a narração dos pênaltis no Gre-Nal da final do Gauchão

A Rádio Grenal, única emissora que fala aos ouvintes, 24 horas por dia, sobre futebol ganhou um destaque especial na final do Gauchão, entre Grêmio e Inter, na última quarta-feira por um gesto pouco comum no rádio.


O clássico 420 foi o de número 172 narrado na carreira do comunicador Haroldo de Souza, de 73 anos. O ‘narrador Grenal’ promoveu um momento inédito ao final da partida. Quando o empate, sem gols, levou a decisão para a cobrança de pênaltis, Haroldo convidou o colega de emissora, Ângelo Afonso, de 23 anos, para revezar a transmissão de cada uma das cobranças. E foi Ângelo quem teve a responsabilidade de irradiar a última, que daria o título ao Grêmio. No meio do grito de gol, Ângelo sinalizou para Haroldo prosseguir, e assim, pela primeira vez, dois narradores dividiram um grito de gol e, justamente, o da grande final do Gauchão 2019.


Haroldo conta que o gesto foi “uma homenagem a um jovem que se dedica, com muito carinho, ao seu trabalho”. Já para Ângelo, “foi a maior emoção da minha vida, o narrador do qual sempre fui fã e ouvinte me proporcionou o grande momento da minha carreira. Inesquecível”, completou.


“Temos a sensação de dever cumprido por toda a força-tarefa realizada pela emissora ao longo da competição, tendo como resposta do público estes números excelentes. É um trabalho que só gera orgulho e motivação”, conta a diretora de Conteúdo da Rede Pampa de Comunicação, Marjana Vargas.


O momento final da narração pode ser conferido no link: bit.ly/2GmjeLn.


Foto: Divulgação/Rádio Grenal