Riograndense não jogará a Terceirona Gaúcha 2020

Frustrou mais uma tentativa do Riograndense de voltar ao futebol profissional. Os dirigentes do periquito se reuniram na noite de quinta-feira, nas dependências do estádio dos Eucaliptos. Dois temas foram abordados. Primeiro, foi realizado um balanço das obras para liberação da casa esmeraldina junto aos órgãos de segurança. Na sequência, os diretores debateram a possibilidade de jogar a Terceirona Gaúcha 2020.


Conforme revelou o presidente do clube ao repórter Tiago Nunes, da Rádio Imembuí e do site peleiafc.com, a questão financeira foi o grande empecilho. Gilberto Pires disse que o Riograndense não tem fluxo de caixa e para jogar a competição seria necessário o montante de R$ 145 mil, para custear as despesas do time em todo o torneio. Sendo assim, para não acumular mais dívidas, os presentes no encontro decidiram não jogar a Terceirona.


O projeto neste ano seguirá a liberação do estádio e o fortalecimento das categorias de base com foco em atletas até o sub-17.


Foto: Tiago Nunes/Peleia FC