Riopardense trabalha para voltar ao futebol profissional em 2020

EXCLUSIVO


O Peixe deve voltar ao futebol em 2020 para a disputa da Terceirona Gaúcha. A diretoria é encabeçada pelo presidente Paulo Cunha; o vice, Paulo Pitinga e o presidente do conselho, Sérgio Daou. O trio trabalha para viabilizar a disputa do campeonato organizado pela Federação Gaúcha de Futebol.


Após quatro anos afastado dos gramados do interior, a intenção é mandar os jogos no estádio municipal da cidade de Rio Pardo, mas tudo vai depender de um encontro com o prefeito. Conforme Paulo Cunha, há quase três meses ele tenta marcar uma agenda com chefe do executivo, pois algumas questões estruturais sobre o estádio precisam ser sanadas.

"Ideia seria jogar a Terceirona. Estamos trabalhando para isso. Facilita muito por utilizar atletas da base. Claro que se tivermos oportunidade de ter algum investidor será bem aceito. Estamos começando do zero", declarou Cunha ao site peleiafc.com.


No último ano, o Riopardense retornou com as categorias de base. Em 2018, o time jogou algumas competições. Caso o clube não consiga a liberação do estádio municipal, o time pode jogar em alguma cidade da região metropolitana.