Saiba como será definido o mando da final da Copa FGF

Atualizado: 15 de Dez de 2020

Nesta terça-feira, o futebol gaúcho vai conhecer os finalistas da Copa Ibsen Pinheiro. De um lado, Inter SM e Santa Cruz disputam uma vaga. O alvirrubro venceu o jogo de ida por 1 a 0 no estádio dos Plátanos. Na terça-feira, o Inter joga no estádio Presidente Vargas por um empate.


No outro lado da chave, o São José duela contra o Passo Fundo e a situação é a mesma. O Zeca joga por um empate, às 15h30, de terça-feira, em Porto Alegre, para avançar à final da Copinha.


A final do torneio será em jogos de ida e volta. Os mandos vão levar em conta a campanha no decorrer das semifinais.


REGULAMENTO:


ARTIGO 11 - A 3ª (terceira) FASE (FINAL) reunirá as 02 (duas) equipes vencedoras da FASE anterior, que, em 02(dois) jogos, disputarão o título da COPA FGF - TAÇA IBSEN PINHEIRO.


PARÁGRAFO PRIMEIRO - O mando de campo do 2º (segundo) jogo da 3ª (terceira) FASE (FINAL) será da equipe de melhor campanha no decorrer da FASE SEMIFINAL, segundo os critérios estabelecidos, inclusive, para desempate, no art. 8º deste Regulamento.


DESEMPATE PARA O MANDO


Caso os dois finalistas avancem com duas vitórias, o critério de desempate para estabelecer o mando de campo será o seguinte:


1º) Maior número de vitórias;

2º) Maior saldo de gols simples;

3º) Maior número de gols a favor;

4º) Menor número de cartões vermelhos;

5º) Menor número de cartões amarelos.


PARÁGRAFO ÚNICO: Em caso de, ainda assim, persistir o empate entre duas ou mais equipes, a forma de solução para a escolha de quem seguirá para a próxima fase será o do sorteio, na sede da FGF, com a presença de representantes das equipes interessadas.