top of page

Sem policiamento, torcedores são retirados de estádio para jogo iniciar na Divisão de Acesso

O Tupi estreou da pior forma possível na Divisão de Acesso. Sem poder contar com o seu estádio para a abertura da Série A2, o time teve de jogar em Ijuí, pois falta o alvará de segurança do Estádio Rubro-Negro, em Crissiumal. O clube chegou a disponibilizar transporte para a torcida acompanhar o jogo contra o Veranópolis, no Estádio 19 de Outubro. O Pentacolor venceu a partida por 2 a 0.


Para o jogo começar, o torcedor teve de ser retirado do estádio em Ijuí. O árbitro João Taniel de Anhaia Valendorf relatou em súmula que a partida atrasou em mais de uma hora, pois não houve a presença do efetivo da Brigada Militar. Havia apenas seguranças particulares. Desta forma, a torcida foi retirada do para o confronto iniciar.


"Em contato com o Presidente da comissão de árbitros o mesmo me orientou, a realizar a partida devido ter segurança privada no estádio a mando da equipe mandante Tupi. Eu árbitro da partida, João Taniel de Anhaia Valendorf, solicitei ao presidente do Tupi que retirasse toda a torcida que se fazia presente no estádio para poder dar mais segurança a ambas delegações e a equipe de arbitragem que se fazia presente. O presidente acatou o pedido e o mesmo retirou a torcida do estádio, de forma rápida e sem nenhum problema. A partida transcorreu normalmente e não tivemos nenhum problema", descreveu o árbitro em súmula.


Nas redes sociais, o Tupi não se manifestou sobre o caso. Em entrevista à GZH, o tesoureiro do clube, Elson Sturmer, não descartou que o Tupi abandone a Divisão de Acesso se não conseguir a liberação do seu estádio, pois o prejuízo de jogar fora é grande.

Para ter a liberação do estádio, a Brigada Militar exige abertura de acesso rápido e privativo ao campo para ambulância e viaturas dos serviços de segurança, retirada de materiais ao alcance dos torcedores e abertura de uma entrada privativa para árbitros e atletas. Uma reunião deve ser realizada nesta semana com a FGF para tratar do tema.


Imagem: Reprodução/FGF TV

Comments


bottom of page