Técnico do Brasil de Pelotas abre o jogo e faz um alerta para o futuro Xavante

Repercutiu nas redes sociais a última entrevista coletiva do técnico Cláudio Tencati sobre a situação vivida pelo Brasil de Pelotas. No facebook do peleiafc.com o vídeo gerou um debate. Alguns torcedores elogiaram a postura do treinador em mostrar a realidade e alertar quanto aos problemas que precisam ser solucionados.


Após o Gauchão, o treinador frisou que o Brasil necessita ajustar alguns pontos no departamento de futebol e em outras áreas. Para a Série B, o técnico projeta cerca de 10 reforços. Ele não quis dar uma porcentagem de quantos do atual elenco devem permanecer.


"O Brasil só tem um caminho, o Brasil precisa mudar seu pensado. O Brasil tinha uma cultura estabelecida de maneira de gestão que não cabe mais. Se continuar esse caminho vai cair. Estamos trazendo que o futebol esta evoluindo e requer evolução. Todos os clubes estão passando por essa reconstrução e o Brasil requer isso. O Brasil não tem um Centro de Treinamento. Olha o gramado do estádio, nos primeiros meses era um pasto. O Bento Freitas sempre foi um palco maravilhoso com gramado espetacular", declarou o profissional.


Segundo o treinador, o departamento médico precisa ser mais ajustado com a comissão técnica para falar a mesma língua. Na visão de Tencati, o clube precisa de uma psicóloga e de uma nutricionista com atuação mais frequente para orientar os atletas.


"A gente precisa profissionalizar o futebol. O Brasil está na Série B do Brasileirão e não na Série B do Gaúcho. É o sexto ou sétimo ano de Série B. O Brasil se tornou grande e não se permite ficar com esse pensamento pequeno, tem que evoluir. Claro que quando a gente vem com uma proposta dessas, incomodamos alguns setores do clube que estavam acomodados, aí tem as divergências. Vamos sentar com todos os setores e ajustar o trabalho para o futuro", ponderou o técnico Xavante.


Confira o desabafo do treinador Xavante:

Foto de Capa: Divulgação/Brasil