Taison quer terminar a carreira no Brasil de Pelotas em dois anos

No dia 16 de abril deste ano, o Internacional anunciou o retorno do ídolo Taison. Com uma grande trajetória no estádio Beira-Rio, o jogador revelou nesta segunda-feira que pretende se aposentar às margens do canal São Gonçalo e não no Guaíba.


Durante entrevista ao canal do jornalista Duda Garbi, o atleta disse ter um sonho, terminar a carreira no estádio Bento Freitas. Taison nunca escondeu ser torcedor do Brasil de Pelotas. Inclusive, durante esta pandemia, no período de férias, ele assistiu partidas do Xavante em um apartamento localizado ao lado do estádio rubro-negro, com ampla visão para o gramado.


Com 33 anos, Taison foi enfático ao afirmar que pretende cumprir o contrato de dois anos com o Inter e depois seu último clube será o rubro-negro pelotense.

"Mais dois anos de contrato com o Inter e depois eu vou lá na baixada. Eu vou acabar lá no Brasil de Pelotas. Eu tenho esse meu sonho. Quando eu era pequenininho, eu entrava lá. A dona Rosa, do Navegantes, me levava de mãozinha na baixada e tinha a Garra Xavante com um tocada que levantava a torcida quando o time entrava em campo. Então eu quero acabar lá. Quero jogar mais dois anos aqui no Inter e depois vou para o Brasil", revelou ao jornalista Duda Garbi.


(Confira aqui o depoimento aos 43min)


Taison fez sua formação no Progresso, em Pelotas, e estreou no Inter em 2008. Pelo Colorado, foi campeão da Libertadores, Sul-Americana, Copa Suruga e bicampeão gaúcho.


O atacante viveu 11 temporadas de sucesso na Europa desde sua saída em 2010, quando foi negociado com o Metalist Kharkiv (Ucrânia). Foram quase 400 jogos disputados no futebol europeu.


Pelo Shakhtar Donetsk, atuou por nove temporadas, incluindo nove edições da Liga dos Campeões e jogos contra os principais times do mundo. Ainda vestiu a camisa da seleção brasileira entre os anos de 2016 e 2018, participando inclusive da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.


Foto: Ricardo Duarte/Inter/Divulgação