Terceirona começa com cinco jogos e time com 9 atletas em campo


A Terceirona Gaúcha começou com partidas adiadas por falta de inscrição de atletas, com estádio não liberado e time com nove jogadores em campo. Não é a organização que se espera para uma competição que tem times importantes, como o mais antigo do Brasil e três campeões gaúchos.


Dentro de campo, a bola rolou neste final de semana pela última divisão do estado. A primeira rodada teve a goleada do Monsson, no Parque Lami, em Porto Alegre. O estreante no futebol gaúcho fez 4 a 0 no Marau. O clube mais antigo do Brasil, o Rio Grande estreou com vitória. O vovô derrotou o Farroupilha por 1 a 0.


O jogo no estádio Arthur Lawson foi marcado por uma situação nada comum. O Farroupilha entrou em campo com apenas nove jogadores. Conforme postagem do Fantasma pelotense nas redes sociais, "devido alguns acontecimentos" o clube inscreveu oito atletas do sub-20 e apenas um profissional. Sem banco de reservas, o time começou com: Enzo; Joãozinho, Tocantins, Digão e Gustavo; Correa, Brahma, Luiz Henrique e Amaral. Mesmo com dois a menos, o time não foi goleado.


Após muitas críticas dos torcedores, o Farroupilha esclareceu:


"Tivemos problemas nas documentações dos atletas, e não teve tempo hábil de regularizar. E o regulamento permite somente 8 atletas Sub20, sendo assim, como tínhamos somente 1 atleta profissional liberado, tivemos que jogar com 9 atletas. Mas para segunda rodada, estarão todos liberados", declarou o clube.


RESULTADOS DA 1ª RODADA

TERCEIRONA GAÚCHA


Riopardense 1x1 União Harmonia

Rio Grande 1x0 Farroupilha

Garibaldi 0x1 Gramadense

Monsoon 4x0 Marau

PRS 1x3 Sapucaiense

Santo Ângelo x Atlético-CA (Terça - 15h)


Adiados

Bagé x Riograndense

São Borja x Elite