Termina a era Ricardo Fonseca no Bento Freitas

A derrota para o Vitória, por 1 a 0, no Bento Freitas, ficou em segundo plano na noite de sexta-feira. O Brasil já não tinha mais pretensões no Brasileirão da Série B e o clima era de amistoso. Após o jogo, o Xavante confirmou a renovação com o técnico Cláudio Tencati. Também depois do apito do árbitro, no telão do estádio, o presidente Ricardo Fonseca recebeu uma homenagem.


O mandatário deixa o comando do clube após longos 9 anos. Nesse meio tempo passou por glórias e dias difíceis. Sob seu comando, o clube saiu na Divisão de Acesso, voltou ao Gauchão e começou a ganhar o Brasil, literalmente. O Xavante se classificou para a Série D, subiu para a C e conquistou o acesso a B. Em 2021, o rubro-negro vai para o sexto ano na segundona nacional. Também nesta temporada terá a obra de reconstrução do estádio concluída.


No gramado, com o estádio em tom despedida, jogadores, comissão técnica, dirigentes e funcionários acompanham os depoimentos em agradecimento ao presidente, que passa o comando do clube para Nilton Pinheiro.


Imagem: Reprodução/Brasil