Torcedor Xavante lança livro "Contos Da Arquibancada"


O torcedor César Lascano deixou eternizada nas páginas da literatura contos de arquibancada. São contos e crônicas sobre o torcedor raiz. A obra é o primeiro livro do músico, compositor e escritor Pelotense. Em sua primeira jornada no âmbito da literatura, Lascano traz ao leitor um universo muito peculiar. Torcedor apaixonado do Brasil de Pelotas, o autor leva o imaginário de quem vivência, observa e, acima de tudo, sonha o cotidiano do seu clube. Mais do que isso, Lascano traz com doses lirismo, o drama, o humor e a história de um clube, visto a partir de seu ângulo mais autêntico: O do torcedor.


"É um livro de literatura, ou seja, não é nada documental ou de cunho historiográfico. Nele trago contos e crônicas a partir da visão mais autêntica do futebol: a de torcedores raiz. Em boa parte dessas peças (são 13 contos e 5 crônicas), personagens e histórias fictícias misturam-se com momentos históricos verídicos do meu clube do coração: o Grêmio Esportivo Brasil", declarou o escritor que frequenta o Bento Freitas desde os 3 anos.


Passagens históricas, bem como personagens marcantes, somam-se, e por vezes confundem-se, com fatos e personagens fictícios, evidenciando que para um autêntico torcedor o “permitir-se”, e por quê não dizer, o “identificar-se” é a linha tênue entre o que é sonho e o que é realidade.


Contos Da Arquibancada é um livro que não se detém à permear somente torcedores Xavantes, mas sim todos aqueles que são apaixonados por literatura e, é claro, pelo futebol.


"Vários contos presentes na obra partem de situações reais na história do Xavante, ambientados em diferentes épocas, como por exemplo nos contos Carnaval de 61, Estádio de Barro e Superstições, que se passam nos anos de 1961, 1977 e 1997, respectivamente, onde trago passagens importantes do meu time do coração", completou Lascano. Entre os contos e crônicas estão recortes de jornais, colhidos do acervo da Biblioteca Pública Pelotense, que ilustram as passagens.


O lançamento oficial é dia 5 de abril e até o dia 9, a obra será comercializada de forma online. A partir do dia 12 serão vendidos em pontos físicos em Pelotas. Caso você tenha interesse pode entrar em contato pelo instagram do livro:

https://www.instagram.com/contosdaarquibancada/


Foto: Divulgação/Arquivo/Pessoal