TUPI ANUNCIA PACOTE DE REFORÇOS

O Tupi anunciou um pacotão de reforços para a Divisão de Acesso de 2019. O primeiro deles é o goleiro Romario Dutra da Silva, 25 anos, que defendeu em sua carreira o Riograndense e o Inter SM. Ele é um dos pedidos do preparador de goleiros Beto Hinterholz. Seu último clube foi o Inter SM onde atuou na Copa Wianey Carlet.

O outro goleiro é da cidade. Junior Carvalho, tem 18 anos e chega a sua quarta temporada com o elenco principal do Tupi. Defendeu Cruzeiro e Tamoio em campeonatos municipais, sendo campeão.

O terceiro goleiro é Henrique Dutra de Azambuja, 22 anos. Ele é indicação do técnico Jair Galvão. O atleta estava com ele no São Borja em 2018, tendo defendido a equipe da fronteira oeste na Segunda Divisão e na Copa Wianey Carlet.

Na linha, o volante Eduardo Biasibetti, também natural de Crissiumal é filho do presidente Betinho, tem 17 anos, e integra o elenco do Tupi desde 2016. Em 2018 teve oportunidades em todos os jogos amistosos, inclusive sendo titular em Três Passos diante do TAC e em casa no amistoso diante do Elite. Atua no Vasco da Gama nos campeonatos locais.

O meia Alex Hartmann é outro jogador da casa. Tem 20 anos e foi descoberto em uma peneira do Tupi em 2013. Depois passou pelas categorias de base de algumas equipes do estado, retornando a Crissiumal, onde terá oportunidade de integrar o elenco rubro-negro pela primeira vez. Defendeu o Fluminense no campeonato municipal.

Marlon Juliano Schlindwein, tem 19 anos, é volante, natural de Nova Candelária e filho do conhecido atacante Ademir Schlindwein, destaque do futebol regional no passado. Nas categorias de base ele defendeu Ernestina FC, Vila Nova de Passo Fundo, Três Passos, SER Santa Rosa e Oriente de Canoas, onde foi um dos destaques do estadual sub-19 de 2018. Marlon já atuou no Tupi em 2017, tendo sido titular na maioria dos jogos, tendo uma nova oportunidade agora.

O volante Alexandre Lando tem 30 anos, 1,75m de altura é natural de Soledade, cidade onde defendeu o Soledade no segundo semestre de 2018. Ele iniciou sua carreira no 14 de Julho de Santana do Livramento, onde atuou entre 2010 e 2013. Também já rodou por Caxias, Brasil de Farroupilha, Rio Grande, Caçador e Guarani de Venâncio Aires, onde jogou por três anos. Jogador de bom passe e grande poder de marcação será um dos mais experientes do elenco do Tupi em 2019.

Wellington Carvalho da Silva, o Tuta, tem 22 anos, natural de Canoas, é atacante, jogou no Rio Grande, Cruzeiro RS e Novo Horizonte.

O zagueiro Hugo Schardong tem 21 anos, 1,89m de altura, nasceu em Santo Ângelo, tendo iniciado nas categorias de base da Academia Bello Centro, passando ainda na base do São Borja, sendo descoberto pelo Grêmio onde atuou por alguns anos. O tricolor o emprestou para o São Luiz de Ijuí na Divisão de Acesso de 2017. Depois, passou por Ipora, Rio Verde e CRAC.

Michel Ribeiro do Amaral, o Michelzinho, tem 28 anos, atua como meia centralizado, ou atacante de lado de campo. Michel é natural de Santana do Livramento, iniciou a sua carreira no 14 de Julho, onde foi lançado no profissionalismo em 2011. Seu segundo clube foi o Tupi em 2014, onde fez 6 gols e grande temporada na Divisão de Acesso, sendo contratado pelo Lajeadense, que disputava o Gauchão da Série A. Em 2015 chegou a voltar ao Tupi emprestado pelo time de Lajeado. Em 2016 defendeu o São Gabriel, depois passou pelo futebol uruguaio, por Guarany de Bagé, Bagé e São Borja, onde esteve com Jair Galvão no ano passado e participou da conquista da Segunda Divisão, sendo capitão da equipe. #peleiafc

Card PeleiaFC