Volante fala sobre o retorno da Divisão de Acesso após um ano e meio

A volta da Divisão de Acesso traz um alívio aos profissionais que dependem do mundo da bola. No interior do Rio Grande do Sul são 700 empregos diretos gerados. Em 2020, o cancelamento da Série A2 gerou indefinição no futuro de muitos atletas, como o volante Lúcio Rassier. Ele chegou a trabalhar como UBER no auge da crise gerada pela covid-19.


Na temporada passada, após um longo período, ele conseguiu se empregar e o retorno ao futebol foi no Bagé na Copa Ibsen Pinheiro. Depois jogou a Terceirona Gaúcha pelo Sapucaiense. Agora, terá uma nova sequência neste recomeço. O atleta foi contratado pelo Brasil de Farroupilha.

"Estreamos contra o Igrejinha, casualmente o clube que eu estava quando chegou a pandemia em 2020, depois de 1 ano e 5 meses a divisão de acesso está recomeçando e eu enfrento o clube em que eu estava, são as reviravoltas do futebol e eu espero que possamos fazer um bom jogo e conquistar o nosso objetivo", declarou Lúcio ao peleiafc.com.


O duelo de estreia será neste sábado às 11h. O volante será comandado por um técnico que conhece muito bem a Divisão de Acesso. Alê Menezes é o treinador do time das Castanheiras.


"É a primeira vez que estamos trabalhando, como jogador dispensa comentários, jogador vitorioso por onde passou e hoje como treinador vem nos passando toda essa vivência que teve dentro de campo, mas também é um técnico qualificado, inteligente e com trabalhos dinâmicos e intensos. Em um curto prazo vai estar entre os grandes treinadores, mas antes vamos conquistar o acesso juntos pelo Brasil de Farroupilha em 2021. Temos um grupo jovem com alguns atletas experientes e todos puxando para o mesmo lado, acredito que vamos fazer uma boa competição e lá na frente se colocar na briga pelo acesso, temos totais condições", finalizou.