top of page
Buscar

Walter dispara contra clube gaúcho: "esse time eu não quero nem saber"

Após uma passagem relâmpago pelo futebol gaúcho, Walter voltou para o Recife. O jogador vive uma luta contra a balança e tentou voltar ao futebol vestindo duas camisas do futebol do interior. Porém, não obteve sucesso em nenhuma.


Ele jogou a Divisão de Acesso pelo Pelotas e perdeu o pênalti que daria a classificação às semifinais. Depois, o atleta se transferiu para o São Borja para jogar a Terceirona Gaúcha e durou pouco tempo a sua passagem. Ele atuou alguns minutos em sua estreia e também perdeu um pênalti.


Na última sexta-feira, em entrevista ao jornalista Tiago Medeiros, no quadro Carona do GE do Recife, o atleta falou sobre a sua rotina e criticou o seu último clube, o São Borja. O jogador disse sentir vergonha de ter jogado em São Borja.


"Falaram que iam me pagar e não me pagaram. Tenho vergonha de dizer que eu joguei lá, tipo assim... E não foi para mim só. Foi também para outras pessoas. Aquilo não parecia profissional. É esse time que eu não quero nem saber", disparou Walter.


O São Borja disse ter recebido com surpresa a fala do seu ex-atleta. Segundo a direção, a saída foi em comum acordo, o clube cumpriu com suas obrigações financeiras e deu todas as condições para o atleta, inclusive uma nutricionista. Confira a nota na íntegra:



Foto: São Borja/Divulgação

Comentarios


bottom of page