top of page

Ypiranga perde para o Botafogo na Copa do Brasil

Pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil 2023, o Ypiranga perdeu para o Botafogo-RJ por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (12), no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim. Os gols da vitória alvinegra foram marcados por Eduardo.


A partida de volta será na quinta-feira (27), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Para avançar para as oitavas de final da competição dentro dos 90 minutos, o Ypiranga precisa vencer por três gols de diferença. Caso a vitória seja por dois gols, o classificado será conhecido através das cobranças de pênaltis.


O Jogo:


O primeiro gol não demorou a sair. No primeiro ataque do Botafogo, aos três minutos, Tchê Tchê recebeu na área e cruzou na saída do goleiro Caíque. No alto, Eduardo subiu mais que o defensor e completou de cabeça: 1 a 0. Atrás do placar o Ypiranga chegou em cobrança de falta de Ivan. Lucas Perri defendeu e, na sobra, Mossoró chutou rasteiro. Aos 15 minutos, foi a vez de João Pedro levar perigo em chute de fora da área para nova defesa de Lucas Perri. Aos poucos, o Canarinho passou a ter mais posse de bola e controlar a partida, mas encontrou a defesa do Botafogo bem fechada. Aos 25 minutos, os cariocas assustaram. Eduardo recebeu na área e mandou de primeira por cima do gol. Aos 27, Luis Henrique fez boa jogada individual e chutou de fora da área para defesa de Caíque. Em rápido ataque do Ypiranga, João Pedro recebeu na marca do pênalti e mandou para fora. Na reta final do primeiro tempo, o Canarinho voltou a assustar. Heitor desviou cruzamento de cabeça e Lucas Perri defendeu parcialmente, na sobra, Islan se desequilibrou e não conseguiu chutar firme para empatar a partida.


A segunda etapa começou com o Botafogo com mais posse de bola. Na troca de passes no campo de ataque, Di Placido foi lançado e bateu cruzado carimbando João Felix. Aos poucos o Ypiranga passou a ter mais a bola e a partida ficou equilibrada. Aos 18, o Canarinho parou na trave. Na cobrança de escanteio, Adryelson mandou contra e contou com a sorte para bola bater no travessão e na trave antes de Lucas Perri ficar com ela. Aos 19, Caíque foi fundamental para impedir o gol. Júnior Santos avançou em velocidade e o goleiro se antecipou para fechar o ângulo do atacante alvinegro. O Botafogo passou a encontrar mais espaços na defesa do Ypiranga e, aos 35, chegou ao segundo gol. Júnior Santos arrancou e dividiu com o defensor. A bola sobrou para Eduardo, livre na área, dominar e fechar a conta no Colosso da Lagoa: 2 a 0.


Foto: Enoc Jr/Ypiranga

Fonte: Angelo Pieretti/FGF

bottom of page