Cruzeiro espera liberar mais 4 mil lugares do seu novo estádio


O futebol está paralisado, mas o Cruzeiro segue com as obras na sua casa em Cachoeirinha, na região metropolitana, de Porto Alegre. Na última semana, durante entrevista à Rádio Progresso, de Ijuí, o presidente do clube, Dirceu Castro falou sobre o momento atual da Divisão de Acesso.


Ele disse ser contra a anulação do campeonato ou mudança de fórmula. A própria Federação marcou a continuação da Série A2 para o mês de agosto. Durante a conversa com a emissora da região noroeste do estado, o mandatário do estrelado também comentou sobre as obras na Arena do Cruzeiro.


Conforme fala reproduzida no blog do repórter Alex Frantz, Castro projeta a liberação de mais 4 mil lugares do estádio em dois meses. O estádio foi construído para 17 mil pessoas. Hoje, a capacidade da casa estrelada é para dois mil torcedores, com ocupação do pavilhão social e da arquibancada à direita das cabines de imprensa. Ainda para o dirigente, o Cruzeiro acertou sair da capital e se mudar para Cachoeirinha.


“Muito boa, cada vez mais estamos convencidos que fizemos uma troca interessante. A comunidade de Cachoeirinha abraçou o clube, temos feito bons públicos, estamos liberando nos próximos 60 dias mais 4 mil lugares, vamos ter uma capacidade de 6 mil torcedores dos 17 mil previstos. Ano passado fizemos uma final de sub-17 com 2 mil pessoas dentro do nosso estádio, isso foi a prova que acertamos de se transferir para cachoeirinha que está do lado de Porto Alegre, com uma estrutura boa e a tendência é crescer”, declarou Dirceu Castro à emissora do interior.


Foto: Twitter/Cruzeiro/Divulgação