top of page

Possível nova escalação irregular movimenta os bastidores do Acesso

Após o caso envolvendo o Tupi de Crissiumal, que será julgado nesta terça-feira pelo TJD, o Inter de Santa Maria também é citado por clubes rivais por uma suposta escalação irregular na Divisão de Acesso. A denúncia envolve o jogador Wilson Júnior.


O atleta levou dois amarelos e foi expulso na quinta rodada contra o Santa Cruz. Depois, ele cumprir a suspensão automática na quarta rodada, em jogo atrasado, diante do Lajeadense no aniversário de Santa Maria.


Depois, ele toma três amarelos contra Bagé (6ª rodada), São Gabriel (7ª rodada) e Bagé (9ª rodada). Desta forma, estaria suspenso contra o Santa Cruz. Porém, o atleta consta na súmula da décima rodada da Divisão de Acesso, quando deveria ter cumprido o terceiro amarelo.


Ao jornal Diário de Santa Maria, o Inter SM afirma desconhecer o assunto. E completa afirmando que o atleta cumpriu suspensão na oitava rodada. Porém, a confusão pode estar exatamente na quinta rodada.


Como o atleta levou dois amarelos, acabou gerando um vermelho e os cartões amarelos são zerados, não contabilizados. O próprio árbitro cita em súmula que foi segundo amarelo o motivo da expulsão. Se ele tivesse levado um amarelo e um vermelho direto, seguiria contando o amarelo.


Caso seja denunciado, o Inter SM perderia três pontos na tabela de classificação da Divisão de Acesso, fato que complicaria ainda mais a vida do time em busca do mata-mata.

Kommentare


bottom of page