Xavante empata em casa na estreia da Série C

Sabe aquela velha máxima de que o futebol nem sempre é justo? Pois bem, ela se repetiu na noite desta segunda (11), no Bento Freitas. O Brasil de Pelotas ficou no 1 a 1 com o Manaus na abertura da Série C do Brasileirão.


Com a bola rolando, já aos 4 minutos, a bola sobrou no pé de Karl que, olhando o gol vazio, de fora da área, tentou concluir de primeira. A bola não teve o destino desejado. Aos 17, a torcida, que estava no prédio ao lado da Baixada, se empolgou com a cobrança de escanteio de Marcelinho na cabeça de Helerson, que acertou a trave direita do goleiro manauara.


Aos 29, quem saiu na frente foi a equipe visitante. Cobrança de lateral, a bola ficou livre para Silvano abrir o placar. O Brasil respondeu aos 33, quando França aproveitou rebote e bateu pra fora.


Na etapa final, o Brasil começou martelando. Marcelinho ia recebendo cruzamento na segunda trave, mas Claudinho conseguiu afastar. Aos 37, Léo Ferraz recebeu a bola na área e, quando ia concluir, parou no pé alto do jogador adversário. Apito na boca e braço apontado para a marca da cal. Pênalti para o Brasil. Marlon, com toda calma e categoria, bateu com precisão, rasteiro, aos 42, e empatou a partida na Baixada.


O Brasil, com o primeiro ponto ganho, está na oitava posição e agora vai até Campina Grande, no próximo domingo (17), às 17h, quando enfrenta o Campinense.


Foto: Volmer Perez