A primeira rodada do Gauchão 2021 inicia neste final de semana, com mudança de horário em três partidas, no intuito de evitar aglomeração de torcedores. Serão quatro jogos disputados no sábado (27) e um na segunda-feira (01).


Devido ao agravamento do quadro da pandemia de Covid-19 no Rio Grande do Sul, a Federação Gaúcha de Futebol - FGF acertou com o Governo do Estado e com a CBF que todos os jogos marcados entre os dias 27 de fevereiro e 1º de março não poderão ser realizados antes das 20h. Por isso, três partidas do Estadual terão alteração de horário.


Antes marcados para as 16h, Novo Hamburgo x Pelotas e Esportivo x São José, tiveram os horários alterados para as 20h, enquanto Brasil de Pelotas x Aimoré será disputado às 22h.


A única exceção ficará para a partida entre São Luiz x Ypiranga, na Arena União Frederiquense, às 15h30min de sábado. Após solicitação da FGF, o Governo acatou o pedido para manter o horário dessa partida em razão da falta de iluminação no estádio e também pelo fato de nenhum dos clubes ser representante da cidade. Em 2020, o São Luiz foi punido pelo STJD com a perda de dois mandos de campo por um caso de injúria racial no último Gauchão.


Na segunda-feira, o Inter recebe o Juventude, às 20h, no Beira-Rio. Em razão do jogo de ida da final da Copa do Brasil, marcado para domingo (28), a partida entre Caxias e Grêmio ainda não tem data confirmada.


Confira abaixo os horários de cada partida:


Sábado (27/02)


15h30

São Luiz x Ypiranga, na Arena União Frederiquense


20h

Novo Hamburgo x Pelotas, no Estádio do Vale


20h

Esportivo x São José, na Montanha dos Vinhedos


22h

Brasil de Pelotas x Aimoré, no Bento Freitas


Segunda-feira (01/03)


20h

Internacional x Juventude, no Beira-Rio


* Jogo entre Caxias x Grêmio ainda não tem data definida

Devido ao agravamento do quadro da pandemia no Rio Grande do Sul, o governo do Estado, a partir de diálogo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Gaúcha de Futebol (FGF), decidiu que jogos da Copa do Brasil e do Campeonato Gaúcho marcados para o período entre os dias 27 de fevereiro e 1º de março não poderão ser realizados antes das 20h.


A medida visa conter possíveis aglomerações durante partidas jogadas à tarde no território gaúcho e atende ao regramento do modelo de Distanciamento Controlado, que classifica todas as regiões do Estado em bandeira preta, ou seja, com altíssimo risco de contágio pelo coronavírus. No caso da final da Copa do Brasil entre Grêmio e Palmeiras, o governo recebeu a confirmação da CBF de que o jogo será disputado às 21h de domingo (28/2), na Arena do Grêmio.


O governo avalia que a realização de jogos à tarde aumenta a possibilidade de aglomerações. A partir das 20h, entra em vigor a suspensão temporária de atividades, o que amplia a restrição de circulação de pessoas. Por isso, o pedido foi feito para que as partidas ocorram após esse horário.


“Tenho ressaltado que o problema nunca é o jogo em si, porque a CBF e a FGF conseguiram, de maneira muito competente, que os campeonatos fossem disputados com os devidos cuidados sanitários. O problema é a possibilidade de jogos à tarde gerarem aglomerações, com pessoas se reunindo para assistir às partidas e podendo provocar a disseminação do vírus. Agradecemos a compreensão da confederação e da federação em relação a esse momento e reforçamos que as pessoas não se aglomerem para torcer”, afirmou o governador.

Ainda não há definição quanto as atividades esportivas que serão autorizadas com a bandeira preta no Rio Grande do Sul dentro do futebol. O governo do estado anunciou que durante uma semana, a partir deste sábado, todas as regiões estarão em bandeira preta. Jogos do Gauchão e da Copa do Brasil estão ameaçados.


Nesta sexta-feira, o Santa Cruz anunciou o cancelamento dos treinos de sábado e domingo do elenco. O clube se prepara para a Copa do Brasil e a Terceirona Gaúcha. Além da bandeira preta, a cidade estará em lockdown, permitindo apenas atividades essenciais. Conforme apurou o peleiafc.com, o clube aguarda as definições do governo para saber como vai proceder quanto as atividades da semana que vem.


Foto: Vinicius Molz Schubert/FC Santa Cruz